Propaganda

segunda-feira, dezembro 04, 2006

O que vc faz com o resto de óleo?

Outro dia postei uma Carta do ano de 2070, vcs se lembram? Se quiserem podem ler aqui!
Esta carta é realmente comovente e nos faz pensar em como contribuimos para que essa carta nunca venha a ser escrita por alguém.
Que mundo deixaremos para nossos descendentes?
Pois é, pensando nisso, comecei a prestar mais atenção no meu dia-a-dia.
Mesmo antes de ler a carta, já fazia algumas coisas para colaborar, por exemplo, lavo o quintal com a água que enxago a roupa.
Agora separo os lixos reciclaveis para a coleta seletiva da minha cidade.
Uma coisa que fazia errado era o resto de óleo das frituras.
Você sabe o que fazer com ele?
Eu misturava água e sabão e jogava no ralinho da pia mesmo. Mas que coisa feia eu fazia, pensava que este era o jeito correto. Um grande erro.


Um litro de óleo contamina 1 milhão de litros de água - o suficiente para uma pessoa usar durante 14 anos. Isso acontece porque o óleo impede a troca de oxigênio e mata todos os seres vivos como plantas, peixes e microorganismos. E ele também impermeabiliza o solo contribuindo para as enchentes.

No programa Mais Você da Ana Maria Braga (que eu adoro, e sempre que posso vejo), ela ensinou como fazer sabão com óleo caseiro, e tem sempre um conhecido que faz este tipo de sabão e recolhe óleo usado com os vizinhos. Eu vou postar a receita no próximo post.
Eu uso pouco óleo, mas já comecei a juntar.
E vc o que faz com o seu óleo usado?
E o seu amigo pasteleiro?

Por que guardar o óleo de cozinha usado?

É sabido que o óleo de cozinha é um resíduo que provoca grande impacto no meio ambiente e a maioria das cidades brasileiras ainda não possuem uma forma adequada para o descarte desse material.

O óleo de cozinha também é o responsável por gerar prejuízos às residências (já que é o grande responsável pelo entupimento de encanamentos), além de provocar graves problemas de higiene e mau cheiro.

O óleo - por ser mais leve que a água - cria uma barreira na superfície da água que dificulta a entrada de luz e a oxigenação, comprometendo assim, a base da cadeia alimentar aquática, os Fitoplânctons.

Descartar o óleo inadequadamente na natureza, tem ainda um papel importante no aumento do número de enchentes em áreas urbanas, pois causa a impermeabilização do solo.

A mudança de postura da população com relação ao descarte do óleo de cozinha e também para outras atitudes de preservação do meio ambiente passa por um processo de sensibilização e conscientização.

A Ação Triângulo, por meio dos agentes socioambientais, desenvolve o relacionamento com a população formando núcleos regionais organizados por bairros, a partir de visitas mensais. Nessas visitas a população é orientada para a prática ecológica e de inclusão social.


Visite este site:
www.triangulo.org.br

Nenhum comentário: