Propaganda

segunda-feira, julho 17, 2006

Osteoporose

O mal que acometeu a aminha avó.
Nós mulheres devemos previnir este mal desde cedo. Eu por exemplo não gosto de tomar leite, sei que é muito importante, preciso buscar outra fonte de calcio.
Alguns dados importantes e dicas de prevenção:

Osteoporose é uma doença que afeta principalmente mulheres na pós-menopausa caracterizada por uma fragilidade nos ossos. Esta fraqueza dos ossos expõe a mulher a riscos maiores de fraturas tanto por quedas como espontâneas.
Os locais mais comuns são a coluna, o colo do fêmur, e o pulso.
Destas fraturas a mais perigosa é a do colo do fêmur (o que aconteceu com a minha avó). É também por causa da osteoporose que as mulheres perdem altura com a idade.


Aos quinze anos, as meninas já adquiriram cerca de 90% do seu pico de massa óssea, completando-o até os 30 anos. A partir dos 35 anos, a mulher começa a perder massa óssea. A partir dos 45 anos, a perda é ainda mais acentuada. “Se a mulher passar pela menopausa antes dos 45 anos, suas chances de desenvolver osteoporose aumentam. Algumas perdem de 10 a 15% de sua massa óssea nos primeiros oito anos após a menopausa”, afirma Dra. Anauate.
Os fatores de risco mais relevantes para determinar o surgimento da doença são hereditariedade, raça, sexo e idade. “Fumo, álcool, café, sedentarismo, estresse e baixa ingestão de cálcio na alimentação também são determinantes para a precocidade da doença”, explica a reumatologista.

(Fonte: http://www.atmosferafeminina.com.br/internas/interna_generica.aspx?page=materias/detalhe_simples.ascx?materia_id=78)


Prevenção da Osteoporose
Seria interessante que todas as mulheres em qualquer idade pensassem na prevenção da osteoporose.
Na infância e na juventude é que se forma a massa óssea.
Nesta idade é importante a ingestão de cálcio. A maior fonte de cálcio é o leite.

É um absurdo num país como o Brasil, um dos maiores produtores de leite do mundo, que nossas meninas e adolescentes não tomem leite.
Outro fator importante é o exercício físico e a exposição ao sol por 10 a 15 minutos antes das 10 h da manhã.
Há hábitos que aumentam o risco à osteoporose como fumo, bebidas alcóolicas e café.
Outro fator é o
tratamento precoce da menopausa. Quanto mais cedo for instituído o tratamento menor a perda da massa óssea.
Exames de densitometria óssea podem predizer o risco de fratura
O método mais difundido para o diagnóstico da osteoporose é a Densitometria Óssea. Existem outros exames que podem diagnosticar perda de massa óssea em relação ao adulto jovem.
É importante a pesquisa de fatores de risco para a osteoporose:
Raça branca
Histórico familiar de osteoporose
Vida sedentária
Baixa ingestão de cálcio e/ou vitamina D
Período da menopausa.
Fumo ou bebidas alcoólicas em excesso
Pessoa magra e/ou frágil
Fratura espontânea prévia
Medicamentos, tais como anticonvulsivantes, hormônio tireoideano, glicorticóides e heparina.
Doenças de base, tais como hepatopatia crônica, doença de Cushing, diabetes melito, hiperparatireoidismo, linfoma, leucemia, má-absorção, gastrectomia, doenças nutricionais, mieloma, artrite reumatóide e sarcoidose.

(Fonte:http://www.gineco.com.br/)

Fontes de cálcio

Varie as fontes de cálcio
Não precisa depender do leite: agrião, folhas de batata-doce, caruru/bredo, melado, espinafre, folhas de nabo, couve-chinesa, todos eles são boas fontes de cálcio se você comer em porções generosas. Se quiser garantir mais ainda a presença de cálcio na comida, use o pó da casca de ovo – seque ao sol, ou torre no forno; bata no liquidificador ou moa no pilão até obter um pó fininho; guarde num vidro. Use uma colherinha de café por dia, na sopa, no feijão ou no mingau, deixando antes de molho num pouquinho de vinagre ou limão para desmanchar a estrutura microscópica que prende o cálcio. Uma casca de ovo contém 2.400 mg de cálcio, um copo de leite 290 mg, uma xícara de agrião cozido 300 mg.


Outro site bem interessante sobre o assunto, aobrda o tema de maneira ampla e numa linguagem bem popular: http://correcotia.com/mulheres/osteoporose.htm

Espero ter ajudado muitas de nós.

Um comentário:

Anônimo disse...

Legal o teu post, Nanda, grata. Um beijo grande e muita mas muita saúde. Um beijo da Rê.