Propaganda

sexta-feira, novembro 28, 2008

Como ajudar as vítimas da chuva em SC

São em momentos como este em que conhecemos como o povo brasileiro são solidários, ainda assim muitas pessoas não ajudam porque não sabem como. Eu mesma não sabia como colaborar, no site da Globo tem um explicativo, mas irei deixar o texto aqui para quem quiser ajudar, aqui em SP, para pessoas de outros estados veja mais abaixo telefones úteis.

Em SP, doação pode ser feita na Defesa Civil e no estádio do Morumbi. Veja como mandar água e outros produtos a partir de seu estado.

A Defesa Civil de Santa Catarina fez a lista do que os desabrigados pela chuva mais precisam. A lista é a seguinte, por ordem de importância:
- Água potável - Alimentos prontos (bolachas, biscoitos, barras de cereais, latas de sardinha e carne enlatada, salsicha e outros mantimentos de fácil manuseio e não perecíveis) - Material de higiene pessoal, como escovas e pasta de dente, sabonetes, absorventes femininos e fraldas descartáveis - Produtos de limpeza

Para ajudar, você pode entrar em contato com a Defesa Civil de seu estado (abaixo, nesta reportagem, você encontra uma lista de telefones e sites).

Em Santa Catarina, é possível também ligar para o 199 ou para a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional mais próxima do seu município. Ou ainda procurar qualquer um dos 24 postos da Polícia Rodoviária Federal no estado e deixar a doação.

Na cidade de São Paulo, é possível deixar a doação nas sedes da Defesa Civil (no Bom Retiro) e da Cruz Vermelha, que passaram a funcionar 24 horas por dia, ou em qualquer posto da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros. As 31 subprefeituras recebem a ajuda em horário comercial. Outra opção é o galpão do Fundo Social de Solidariedade, no Jaguaré, na Zona Oeste. Também é possível deixar a doação no estádio do Morumbi até domingo, dia em que o São Paulo enfrenta o Fluminense.
A Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) e as entidades ligadas ao sistema (Ciesp, Sesi e Senai) também disponibilizam 300 unidades escolares do Sesi e do Senai e 42 sedes do Ciesp em todo o interior paulista, para receber doações da população. As prioridades são doações de água potável, produtos de higiene pessoal, produtos de limpeza, roupas para bebês, crianças, jovens e adultos (de ambos os sexos); alimentos não-perecíveis e colchões.
As empresas podem encaminhar suas doações para o Centro de Atividade Mário Amato, em Ermelino Matarazzo, na Rua Deodato Saraiva da Silva, 110, Cidade A. E. Carvalho, São Paulo, Capital. Informações pelo telefone (11) 2280-2366.

Contas bancárias

Para quem preferir ajudar em dinheiro, a Defesa Civil de Santa Catarina informa que há contas bancárias para receber doações. As contas são:

- Banco do Brasil Agência: 3582-3 Conta corrente: 80.000-7
- Besc Agência: 068-0 Conta Corrente: 80.000-0
- Caixa Econômica Federal Agência: 1877 operação 006 conta 80.000-8
- BradescoAgência: 0348-4 Conta Corrente: 160.000-1

- Itaú S/A
Agência: 0289
Conta Corrente: 69971-2 O nome da pessoa jurídica é Fundo Estadual da Defesa Civil, e o CNPJ é 04.426.883/0001-57.

Segundo o governo estadual, o dinheiro arrecadado será usado para compra de mantimentos que serão distribuídos entre os moradores das cidades que tiveram alagamentos e deslizamentos.


Contatos em cada estado

- CEDEC/RS - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Rio Grande do Sul
www.defesacivil.rs.gov.br
Fone: (51) 3210-4219


- DEDC/SC - Diretoria Estadual de Defesa Civil de Santa Catarina
www.defesacivil.sc.gov.br
Fone: (48) 4009-9816


- CEDEC/PR - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná
www.defesacivil.pr.gov.br
Fone: (41) 3212-2915


- SEDEC/RJ - Secretaria de Estado da Defesa Civil do Rio de Janeiro
www.defesacivil.rj.gov.br


- CEDEC/SP - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de São Paulo
www.defesacivil.sp.gov.br

Fone: (11) 2193-8888

Coordenadoria Municipal de Defesa Civil - São Paulo - Telefone: 199 Cruz Vermelha - São Paulo - Telefone: 11-5056-8665 / 5056-8664 / 5056-8667


- CEDEC/MG - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais
www.defesacivil.mg.gov.br

Fone: (31) 3236-2111


- CEDEC/ES - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Espírito Santo
www.defesacivil.es.gov.br

Fone: (27) 3137-4441


- SIDEC/DF - Sistema de Defesa Civil do Distrito Federal
www.defesacivil.df.gov.br


- CEDEC/MS - Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul
www.defesacivil.ms.gov.br

Fone: (67) 3318.1078

- CORDEC/BA - Coordenadoria de Defesa Civil do Estado da Bahia

www.defesacivil.ba.gov.br

Fones: (71) 3115-4228/ 3371-6691/ 3371-9874

quinta-feira, novembro 27, 2008

Luto


Pelos mais de 90 mortos pela chuva em SC...

Pelos pais, filhos, netos, esposas e maridos que perderam seus queridos nesta tragédia.


"Senhor, consola o seu povo, e compadece dos desamparados"

quarta-feira, novembro 26, 2008

Fazer 30 anos!!!

É gente, hoje estou fazendo 30 anos.
Lembro-me quando da minha adolescência eu pensava: quando eu fizer 30 anos, serei casada, terei filhos... quanta responsabilidade!
Hoje fazendo 30, estou casada, tenho um filho apenas, e sou muito muito feliz!!!
Realmente é muita responsabilidade, trabalhar fora, cuidar da casa, do filho e do marido. Mal tenho tempo pra mim, mas sou feliz assim.
Acredito que meu corpo tenha realmente 30 anos, mas meu espírito vive muito além disso, porque a mulher que hoje faz 30 anos, ainda guarda a criança e adolescente que um dia sonhou em chegar nesta idade, sou uma mulher, que ainda sonha e tem aspirações como uma menina, não sonhos de menina, mas a intensidade e a vontade de viver de uma menina.
E não consigo entender, as pessoas que dizem: Vou fazer 30 anos!!! Com certa apreensão.
Não sei se por causa das rugas (pera lá, eu ainda não tenho rugas, kkkk) ou pela carga de experiência, o que na verdade é um lado positivo, não?!!!
Eu tenho 30 anos!!!
Eu já andei descalça na terra, já andei de bicicleta, já tomei banho de cachoeira, já toquei campainha e sai correndo... (que criança nunca fez isso, rs rs rs), já brinquei de boneca, de casinha, já joguei futebol... andei de roda gigante mesmo morrendo de medo de altura, já fui ao zoológico, ao circo, conheci o mar com 16 anos.
Já roubei um beijo, já tive beijo roubado. Já chorei por um amor, por um amigo...
Já fiz muitos amigos, e amigos virtuais ...Fiz faculdade e não exerço profissão.
Fui tia, e cuidava do meu sobrinho como mãe.
Já cheguei em casa da faculdade a meia noite e fui brincar de carrinho com meu sobrinho (naquela época, quase todos os dias).
Dormi numa cama de solteiro com meu sobrinho até ele fazer 5 anos.
Já dei aulas de datilografia, informática, já ensinei e aprendi muito mais...
Já me apaixonei perdidamente... já me casei com um vestido branco e rodado,
Já corri de cachorro, e ainda corro...
Aprendi a fazer tricô, depois de muito custo crochê e ponto cruz.
Já fiquei grávida, já tive a intuição de que seria menino, sonhei que seria menino. Já amei alguém sem conhecer.
Já chorei muitas vezes vendo o ultra-som do meu bebê, já tive medo do parto.
Já pensei que fosse morrer, e desejei muito muito viver.
Chorei ao ouvir o choro do meu filho pela primeira vez .
Já me apaixonei perdidamente novamente, por outro homem, por quem me apaixono mais a cada dia.
Já chorei por não consegui ajudar meu filho, já chorei por vê-lo chorar, já chorei por vê-lo sorrir.
Já passei noites em claro só pra ter certeza que meu bebê estava respirando direitinho.
Já quis várias vezes sentir a dor de outro alguém.
Já cansei de escrever...
Agora o que eu anda quero fazer...
Quero viver muitos outros 30 anos, ver meu filho e meus sobrinhos crescerem.
Quero me apaixonar por meu marido todos os dias...
Quero viajar, conhecer outros lugares, quero viajar de barco, de avião e de balão (mesmo morrendo de medo de altura).
Quero fazer outra faculdade e terminar meu curso de inglês (mesmo que tenha que começar tudo de novo).
Quero nunca deixar de ter sonhos... e quero parar de escrever, senão daqui a pouco vou escrever um livro.
Eu vim aqui especialmente pra fizer que estou muito feliz por fazer 30 anos e cultivar amigos tão especiais. Amigos que já choraram comigo, e também sorriram e comemoraram.
A todos amigos e familiares muito obrigada por fazer meus dias especiais.
Um brinde a vocês.
Nanda



domingo, novembro 23, 2008

Sugestões para o verão



Olá queridas, obrigada pelas visitas. Estou deixando estas duas sugestões de blusas ou batas de crochê para o verão, lindas leves e soltas, rs rs rs...
Eu continuo as voltas com o Luiz Henrique, rs rs rs
Estou querendo fazer um chapéu para levar a praia nas férias de fim de ano, quem sabe não sai um projetinho da listinha, embora ainda não tenha decidido o modelo que irei fazer, estou a procura se alguém tiver um modelinho fácil e rápido... eu vou adorar.
Desejo a todos uma ótima semana, abençoada e muuito produtiva.

Bjs

Nanda

sexta-feira, novembro 14, 2008

Ótimo fim de semana



Olá queridas amigas, desculpem o sumiço!!! O motivo preciso nem repetir. Ando tão, tão cansada...
Como andam os preparativos para as festas de fim de ano???

O Luiz Henrique está cada dia mais lindo (ohhh mãe coruja, né?). Ele está falando algumas palavras e cantando também, a musica preferida dele é a da abertura do Cocoricó, uma graça, rs rs rs.

Bjs a toda e um ótimo fim de semana.

Nanda
Posted by Picasa